Make your own free website on Tripod.com
Igreja Batista Deus Forte OnLine

Home

Anuncie na Deus Forte!!! | Horários | Calendário de eventos | Editorial | Estudos | Pensamentos e Ilustrações | Espaço Jovem | Contate-nos
Espaço Jovem

Esta é o Espaço Jovem. Link produzido para você que é jovem e que gosta de estudar a palavra de Deus do jeitinho que você fala, ou seja, assim na sua linguagem. Aqui você vai descobrir em poucas semanas uma pá de coisas que Deus tem de bom para a sua vida.

prelisiogif.gif


Os roqueiros de Cristo.

Com Jesus na cabeça e o rock no sangue, a banda Oficina G3 tira viciados das drogas

SÃO PAULO.O rock é pauleira, ou ao ponto, como a banda Oficina G3 prefere classificar. Mas o trinômio sexo, drogas e rocknroll não tem vez para esse grupo de paulistas, roqueiros de carteirinha e crentes de corpo e alma. Nosso lema é Jesus, vida e rocknroll, diz, enfático, o baterista Walter Lopes. A gente toca rock e ama Jesus, completa Duca Tambasco, baixista. São evangélicos genuínos, mas com a cara mesmo de roqueiros.
O rock está literalmente na cabeça do grupo. Duca, por exemplo, usa piercings no nariz e no supercílio, e dois brincos nada discretos nas orelhas. Juninho Afram, guitarrista dos bons, usa o estilo cabeludo. Walter, Jean Carllos (o tecladista) e P.G., que não revela o nome nem com tortura, já foram carecas. O grupo já chegou até a pintar os cabelos de verde, azul, laranja e rosa. Nossa vida é de fases. Às vezes tem a ver com a composição das músicas. Não há regra, explica Duca.
De grupo reserva a banda mais conhecida
A banda Oficina G3 surgiu há 15 anos, na Igreja Cristo Salva, um trabalho que começou acolhendo jovens viciados das ruas de São Paulo. G3 foi o nome dado ao grupo de músicos que ficava na reserva dos cultos. Oficina surgiu mais tarde, em alusão ao conserto que Deus fez na vida dos músicos e dos fãs. O estilo do grupo acabou rompendo até mesmo com o preconceito de igrejas tradicionais. Hoje, Walter, P.G., Juninho e Duca estão na Igreja Batista, e, Jean, é da Comunidade da Graça. O fã clube oficial da banda tem cerca de quatro mil associados. Juntos, os integrantes do grupo recebem cerca de 150 correios eletrônicos.
Prova do sucesso da banda foi o show acústico, que fizeram no Olympia, uma das mais badaladas casas de espetáculos de São Paulo. Com uma megaprodução, o show reuniu quase quatro mil pessoas entre evangélicos e amantes do rock, onde foi gravado o quinto disco da carreira, Ofcina G3 Acústico ao Vivo os títulos anteriores são Oficina G3 Ao Vivo (1990); Nada É Tão Novo, Nada É Tão Velho (1993); Indiferença (1996) e Oficina G3 Acústico (1998). Em setembro sai o sexto CD, O Tempo, pela gravadora MK Publicitá.
O som da banda agrada a quem tem Jesus no coração, rock na veia ou ambos. Mas as apresentações geralmente não são dentro dos templos. A guitarra distorcida não tem muito a ver com o culto. A maioria dos convites é para ginásios e casas de shows, explicam. Mesmo assim, a banda não deixa de falar de Deus ou de fazer orações em público. A gente pára o show para perguntar quem quer vida, diz Juninho.
Banda nasceu dentro da igreja
Quando o rock pauleira da banda Oficina G3 surgiu, há 15 anos, com letras de louvor, foi um escândalo só. Afinal, a banda foi uma das primeiras a provar para a mais tradicional das igrejas evangélicas que não havia pecado no som alucinado de uma guitarra distorcida. A gente queria levar o conteúdo da igreja para fora do templo. Esse foi o trabalho de Jesus, argumenta Juninho Afram. O rock é um veículo que a gente usa para falar de vida, completa Walter Lopes.
Hoje o grupo é aceito pela maioria das denominações evangélicas. Mas quem provou mesmo que rock e fé eram uma boa combinação foi o pastor Cássio Colombo. Nos anos 70, no auge do movimento hippie, tio Cássio, como era chamado o pastor, e tia Nô, sua mulher, se entregaram de corpo e alma para cuidar de jovens viciados. Chegaram a reunir 800 na casa em que moravam, no bairro Moema, e faziam de tudo para mantê-los firmes na fé.
A gente dava carinho, escutava os que eles tinham para falar e fazíamos o que eles gostavam. Mas o Cássio mantinha rédea curta. Nenhum deles jamais me desrespeitou, lembra Noeli Milano Colombo, 60 anos, a tia Nô. A casa virou a Igreja Cristo Salva. Tio Cássio morreu há um ano e meio. Hoje, a Igreja só tem uma filial, em Limeira (interior de SP), mas muitos evangélicos conhecidos passaram por lá, como Caio Fábio, Alex Dias Ribeiro e o casal Estevan e Sônia Hernandez.
Das drogas para o reino de Deus
Aos 10 anos, P.G. fumou o primeiro cigarro de maconha. Aos 12, experimentou a cocaína. Nessa época, o rapaz vivia o inferno na terra. O pai era alcoólatra e isso obrigou o garoto a trabalhar cedo. Foi preso por roubo de carro, bicicleta e por participar de gangues de rua. Roqueiro de carteirinha, só iria experimentar uma mudança na vida aos 15 anos, quando ouviu pela primeira vez a banda Oficina G3 tocando.
Meu primo me levou, mas eu não sabia que era show evangélico. Os caras tocavam o rock que eu gosto. Foi a maior loucura. Comecei a chorar em um show de rock, lembra P.G., que quatro anos depois viria a ser o vocalista do grupo. Walter Lopes, baterista e um dos fundadores da banda, também conheceu as drogas. Com 14 anos, começou a fumar maconha e entrou para gangues de rua de São Paulo e para torcidas organizadas. Hoje, as experiências com drogas e a vida promíscua são coisas do passado. Mas servem de aval para o grupo falar do amor de Deus para outros viciados. Muitos drogados se convertem nos shows, comemora P.G

prelisiogif.gif

Faça parte você também do Impacto Jovem, grupo de jovens da Igreja Batista Deus Forte que tem como principal objetivo o louvor e adoração a Deus, além de muita diversão e alegria!!

Os estudos aqui encontrados serão atualizados constantemente para que a galera toda possa ter acesso a cada um deles, e aprendendo cada vez mais da palavra de Deus!

meninojovem.gif

O que significa viver para Jesus?

1ºDIA
Mateus 22:37-40
Jesus respondeu: Ame ao Senhor seu Deus de todo o seu coração, sua mente, sua alma. Este é o primeiro e maior mandamento. O segundo em importância é parecido: Ame o seu semelhante tanto como ama a você mesmo. Todos os outros mandamentos e todas as exigências dos profetas nascem destas leis, que se cumprem se você lhes obedecer. Guarde apenas estas e descobrirá que está obedecendo a tudo mais.

Gaste cinco minutos para memorizar esta texto.....Vamos lá, sem preguiça!

O que Jesus quis dizer com essa resposta?
Ouvindo que Jesus tinha silenciado os saduceus, os fariseus foram testa-lo. Um deles, especialista em leis, mandou a ver na pergunta: Mestre, qual é o maior mandamento da lei?
Jesus respondeu: Ame ao Senhor seu Deus de todo o seu coração, sua mente, sua alma. Esta é o primeiro e o maior mandamento.
O segundo em importância é parecido: Ame o seu semelhante tanto como ama a você mesmo. Todos os outros mandamentos e todas as exigências dos profetas nascem destas duas leis.
Valeu! Você é salvo e já abriu o coração para Jesus. Ele é o Senhor de sua vida. Ou seja, seu chefe...seu patrão! Agora você não deve viver para o mundo, mas para Deus.
Jesus nos explicou essa passagem. A coisa mais importante que você pode fazer é amar a Deus mais que tudo. Nós devemos amá-lo com todo o coração porque Ele é mais importante que qualquer outra coisa.

Pense em três coisas que são importantes para você.
Algo que você gosta muito de fazer. Vale o time de futebol, games e até o disco de uma banda de rock. Com certeza você não vai colocar a escola nesse meio, vai?
Agora veja bem:
O que significa amar a Deus com a mente e o coração?
Como você pode honrá-lo com toda a força de sua vida?

Quando você é um cristão, pode ter muitas dúvidas de como agir em certas situações. Lembre-se, contudo, de que o mais importante é amar a Jesus com toda a sua energia, força e paixão.
Sua mina ou namorado, a grana, os esportes, a música ou alguma outra coisa pode ser mais importante do que o Senhor?
ESCOLHA HOJE AMAR A DEUS MAIS DO QUE TUDO O QUE VOCÊ JÁ AMOU NO PASSADO.

TEENTANIC - Não Afunde Nesta Idade!

"Não naufrague como o Titanic. Mantenha o radar sempre ligado
e no leme o capitão que nunca dorme: JESUS CRISTO"
Ouvi comentários, vi reportagens e estava por demais curioso para saber a razão de tanto sucesso. Confesso que não queria ver o filme, pois tenho pavor de morte por afogamento. Imaginava a cena do naufrágio e não queria vê-la de jeito nenhum. O filme foi lindo!
Gostaria de comentar o filme. Não é preciso dizer que o filme é lindo, muito bem feito e com um romance tipo "Romeu e Julieta", transpondo classes sociais em nome do autor. O Titanic terá uma influência psicológica muito grande em cada um de nós. Lembro-me muito bem dos filmes que na minha adolescência influenciaram minha vida. Eu continuava sonhando com um filme por semanas e sei que isso deve Ter acontecido com vocês jovens! Como o Titanic está repleto de "efeitos especiais", gostaria de comentar sobre três "efeitos e defeitos especiais".
Primeiro, gostei da maneira que eles mostram o amor rompendo barreiras sociais. O autor faz uma tremenda denúncia sobre a primeira e a terceira classe. A primeira classe, tão rica e tão bonita, é retratada podre tanto moral como espiritualmente. A terceira classe revela-se podre espiritualmente, embora cheia de vida e de alegria. Os representantes das respectivas classes: uma adolescente infeliz, encontrando a solução no suicídio; um rapaz pobre sem "eira nem beira", querendo tirar o máximo da vida. O adolescente, de classe rica ou podre, é inseguro e infeliz se não tiver sua segurança esperança em Jesus Cristo.
Segundo, gostei do maravilhoso amor altruísta que os dois jovens dedicam um ao outro, principalmente quando Jack salva Rose do congelamento e a faz prometer que não vai desistir de viver. Lembrei-me de que Jesus fez isso por nós, morreu em nosso lugar. Nós não devemos desistir de viver por causa dos nossos problemas. Pelo contrário, é necessário lutar e viver uma vida abundante como resultado de nosso amor a Jesus Cristo.
Terceiro, gostei da mensagem do filme. Mostra-se a pretensão humana por meio da frase: "Nem Deus afunda este navio". A moderna Torre de Babel, entretanto, foi para o fundo do mar. A cena das pessoas nos barcos, vendo perplexas o Titanic afundar, foi a meu ver a mensagem mais importante do filme. Segundo os idealizadores da gigantesca embarcação, era impossível que isso viesse a acontecer.
Nenhuma vida, por mais sucesso ou por mais riqueza que tenha, está livre de um naufrágio. Somente aqueles jovens que viajam na "Arca de Deus"estão salvos de afundar.
Primeiro "defeito especial": é o relacionamento da mãe com a filha. O filme nos mostra uma adolescente de classe alta, mimada, que não sabe enfrentar os problemas da vida e resolve suicidar-se ou entregar-se aos caprichos da mãe. A mãe é apresentada como uma "cascavel". O relacionamento dos adolescentes com os pais é muito importante nesta fase de vida. Os pais deveriam assistir ao filme e "pôr as barbas de molho". Quem tem filhos adolescentes deveria saber que eles merecem todo o carinho, amor e compreensão, pois eles são nosso tesouro. Sem querer, nós, os pais, tal como fez a velha mãe ao desfazer-se de uma jóia, podemos estar também jogando fora nosso tesouro. Deus não faz isso, pelo contrário, Ele ama e valoriza tremendamente a juventude.
Segundo "defeito especial": os valores de um verdadeiro romance. O filme nos mostra que um romance com alguém de boa família, com compromisso de tradição e responsabilidade, é muito careta! O que é fantástico é um relacionamento sem responsabilidade, inconseqüente, em que o que vale é a paixão desenfreada, a loucura das emoções de cada dia! Analiso os princípios bíblicos sobre o verdadeiro amor entre jovens. Fiquei envergonhado com os princípios que Titanic passou para nós. Creio que, se sou um jovem convertido, filho de Deus, tenho alguém especial que Ele reservou para mim, que será aceito pelo meus pais e que efetivará comigo um romance com compromisso no qual toda a nossa família será abençoada.
Terceiro "defeito especial": O "amor livre". O filme nos mostra uma adolescente seduzindo um rapaz, em nome da arte (aliás, não somente os adolescentes, mas os coroas também!). Não querendo ser moralista (mas sendo!), a cena que eles estão no calhambeque, onde ela o agarra, puxando-o para o banco de trás, mostra claramente a filosofia da sociedade atual. Quando ela arranha o vidro, simulando um êxtase, a galera vibra, vai ao delírio! Se há paixão, deve haver sexo. É isso que Cameron neste filme quis ensinar aos adolescentes? Tudo é mostrado com tanta beleza e naturalidade, que até os pais suspiram e pensam: "Há! Seria maravilhoso se isso acontecesse com a minha filha!".
Cuidado galera! Não esqueça que Hollywood é pura fantasia. Lembro-me de um filme mostrado na Bíblia: A história de José do Egito. José também era um gato, e a mulher, uma pantera! Ela agarrou José e disse: "Quero transar com você aqui e agora!". José lhe respondeu "Na, na, ni, na, NÃO!". A garota ficou com tanta raiva, que mentiu para o marido, mandando prender José. Parecia que José tinha afundado... No entanto, Deus guardou José do naufrágio. Menina, não faça com seu namorado o mesmo! A vítima pode ser você, não naufrague como o Titanic.
É claro que a adolescência é uma grande viagem, talvez a mais fascinante da vida. A sexualidade é uma grande benção de Deus para os adolescentes. Os sentimentos, o amor e o namoro são maravilhosos, devendo ser cuidados com toda a santidade e a beleza que Deus planejou. Por isso mesmo Satanás como um iceberg, quer afundá-la. Devemos ter muito cuidado para não nos precipitar nem correr tanto como correu o Titanic. Manter o "radar" sempre ligado para detectar as tentações, antes que elas nos peguem de surpresa! No leme, um capitão que nunca dorme: Jesus Cristo! Ele é quem pilota nossas vidas. Assim, o nosso TEENTANIC NÃO AFUNDARÁ!


Quer dar idéias, sugestões, criticas, e dicas para o nosso grupo de jovens.Mande-nos um e-mail.

(clique aqui)